Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sussurros da Minha Alma

Sussurros da Minha Alma

28
Nov22

...

Fatima Ribeiro

O tempo
Querias poder
Costurar
Do passado
Tempo
Com a tesoura
Pedaços
Recortar
Aqueles
Que na saudade
Faz doer
Querer voltar
Os bons
De felicidade
E com a agulha
Cozer
Remendar
Um rir
No tempo
Trafulha
Que não mente
Do que agora
Não presta
Bordar
Tapar
O que resta
O que nada
Vai deixar
Nem a vontade
De lá ir
Do tempo
Que é presente
Quisera eu
Tu
Todos nós
Sem mentir
Cada momento
Sem nó
Nem mó
Com sentimento
E o não querer
Não estar
Não nos sentir
Sós

Fatima Ribeiro
Fotografia Google

bordado.jpg

23
Nov22

...

Fatima Ribeiro

Por ti
Esperei
Por ti
Despi
A alma
Hoje
Esta sou
Amanhã
Outra serei
De mim
Fazes
Esperança
Por ti
Meu mundo
Avança
Não
Não sei
Porquê
Mas és tu
Quem eu
Mais quero
Sinto
No tempo
Volto
A ser criança
No colo
Do teu abraçar
Vão
Meus passos
Seguros
Sentem
No solo
Firme
Com o teu
Atento
Olhar
Hoje valeu
Sim
Por ti
Meu céu
Vale a pena
Sempre
Esperar

Fatima Ribeiro
Fotografia Google

IMG_20221122_185215.jpg

20
Nov22

...

Fatima Ribeiro

E nos dias
Que os dias
Se fazem iguais
Neles
Sorrisos
Não bordais
Cinzentos
Muitos são
Os momentos
Mas sem ais
Não
Não dizeis
O que sentis
Para quê
Não é preciso
Ninguém
Tem de saber
A indiferença
Transportais
A dor
Do que dói
Que faz sofrer
Para vós
Guardais
E sem voz
De garganta
Entalada
Fica vossa boca
Fechada
Oca
Sentença
Será esta
A vossa
Dizer
Em gestos
De emoção
O que esconde
O coração
Por bem
Nos dias
Que os dias
Se fazem iguais
Neles sorrisos
Não bordais
Mas muito
De verdade
Por inteiro
Precisais
Do verdadeiro
Sorriso
De outro alguém

Fatima Ribeiro
Fotografia Google

FB_IMG_1668357812757.jpg

18
Nov22

...

Fatima Ribeiro

Dias distintos
Vida
Hoje
Viver
Sentir
Sentimos
Diferentes
Instintos
Escuro
O dia...
Vermelho
A rosa...
Rosa velho
Da idade
Do que sentes
Fluir
De ontem
Já nada há
Depois
Sei lá
Nem tu
Saberemos

Se cá estivermos
Agora
Para já
A olho nu
Cinza
A hora
Cinza
A emoção
Cinza
O viver
Cinza...
E que fazer?
Vida
Viver...
Olhar o rosa
Da rosa
Na mente
As cores
Misturar
E depois?
Sente
Acreditar...

Fatima Ribeiro
Fotografia Google

FB_IMG_1668434674043.jpg

15
Nov22

...

Fatima Ribeiro

Já não
Não
Já não
Sou eu
A mesma
Que vejo
No reflexo
Do espelho
Meu
Tudo mudou
Excepto
A essência
O saber
Sem demência
Que aquela
Eu sou
Sim
O pensamento
Que era
Voou
Diferente
Veio
Voltou
A de mim
A contente
Ainda sorri
Mas diferente
Santa?
Louca?
Como tu
Como
Toda a gente
E na luta
No viver
O desejo
De ser olhada
Como perfeição
Mesmo sabendo
Sentido
Tendo noção
Que perfeito
É quase nada
Ninguém
Não
Já não
Sou eu
E tu
Será
Que também
O mesmo
Aconteceu?

Fatima Ribeiro
Fotografia Google

FB_IMG_1668510677755.jpg

15
Nov22

...

Fatima Ribeiro

Agora
O tempo agora
Faz.se de neblina
Já pouco
Já quase nada
Vês
Na viagem
Do tempo
No tempo
Que resta
A bagagem
A pesada
Bagagem
Ficou leve
É de outro valor
Sabe
Tem gosto
A indisciplina
Pois
Que ganhas
Com retidão?
Precisas
Queres
Adrenalina
Em cada passo
Que teus pés
Dão
Com medo
Amor
Ou desdém
Não contas
Sim
Não é segredo
Já não contas
Não esperas
Nada de ninguém
As árvores
Morrem de pé
E assim
Queres
Um fim
Segues
Vais seguindo
Dia a dia
Com fé
Ainda e sempre
Sorrindo
Vais
Até ao cais
E a saudade
Talvez
Eu não minta
Quem sabe
A sinta
Alguma gente

Fatima Ribeiro
Fotografia Google

IMG_20221115_111242.jpg

06
Nov22

...

Fatima Ribeiro

Família
Não é sangue
Família
É gesto
É palavra
É carinho
Família
É tempo dado
É momento
Partilhado
É presença
No certo momento
É silêncio
No momento certo
Família
É abraço
Num aperto
Sem espaço
É beijo
Doce mel
Que tira da vida
O fel
É querer
É desejo
De tudo de bom
Família
É estar
É deixar
É partir
E chegar
É parir
É achar
É curar a dor
Família
Não é
Mas
Também pode
Ser sangue
Família é amor

Fatima Ribeiro
Fotografia Google

FB_IMG_1667768916990.jpg

03
Nov22

...

Fatima Ribeiro

Fiambre
Queijo
Pão forma
D. Bebês
Gel banho
Carne
Cebolas
Leite
P. Higiênico
Tostas
Manteiga

Filtro torneira
Protetores

FB_IMG_1667423034826.jpg

26
Out22

...

Fatima Ribeiro

Lindos
Tão belos
Os meninos
De sua mãe
Que fazem orgulhosa
Quiçá
Muito vaidosa
A mãe
Dos seus meninos
Ao vê.los
Dia a dia crescer
Enquanto os vai
Cobrindo
De beijos
De muitos mimos
E os envolve
Em amassos
Nos doces abraços
Aperta.lhes as bochechinhas
Com gracejos
E que vontade tem
De lhes dar
Umas trinquinhas
Emoções
Um turbilhão
Não sei
A definição
Nem sei como dizer
Como sente
O seu coração
Com dois pequenos
Grandes corações
Dentro do seu
A bater
❤❤

Fatima Ribeiro

IMG_20221024_122211.jpg

13
Out22

...

Fatima Ribeiro

Que horas são?
São horas
De um beijo
De um doce beijo
Numa boca
De vida amarga
São horas
De abraçar
Dar o nó
E nesse enlace
Apertadinho
Fazer sentir
Não mais
Estar sozinho
São horas
De um mimo
Um só
Enorme
Fazer
E sem falar
Em silêncio
Tudo dizer
São horas
De tempo
Sem tempo
Viver
No sonho
Voar
Viajar
Sem destino
Sem nada
Que impeça
Com loucura
Ou com tino
Nesta cabeça
Oca
Que horas são?
São horas
De acordar
Oh que bem
Estava
Que sono
Prá cama
Vou já voltar 😁

Fatima Ribeiro
Fotografia Google

FB_IMG_1665661165075.jpg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub